Dr. Nacul

BIOPLASTIA CORPORAL

Rejuvenescer Embelezando é a Meta da Bioplastia.

ENTRE EM CONTATO

Uma tecnologia que está revolucionando o mundo

Você tem pressa em exibir um bumbum novo? A Bioplastia resolve!

Com a proximidade do verão, estação em que o corpo fica mais exposto, a preocupação da maioria das
mulheres se concentra em uma parte do corpo: o bumbum. Tal postura é natural, já que o formato do
bumbum é um componente importante na harmonia corporal da mulher, principalmente no padrão estético
brasileiro. Muitas querem corrigir, remodelar, empinar ou aumentar o bumbum, mas adiam as providencias
por achar que isso, necessariamente, tem de ser feito por procedimento cirúrgico. O que a maioria
delas não sabe é que a Bioplastia atua também nessa área.

Por meio da Bioplastia toda mulher pode ter o bumbum perfeito para tornar-se mais bonita e autoconfiante
– no tamanho e formato que goste e com o qual se sinta bem – de uma maneira muito simples e rápida.

E o melhor de tudo é que ela não precisa escolher antecipadamente o
tamanho ou o formato desejado, mas sim avaliar isso durante o procedimento.

O resultado de um bumbum modelado pela Bioplastia é tão natural que resiste ao olhar crítico do
perito mais exigente, pois não provoca lesões nos tecidos, e o local por onde ele penetra recebe
uma anestesia como a utilizada por dentistas.

Conheça a técnica

A Bioplastia consiste no implante de biomateriais (microesferas de polimetilmetacrilato – PMMA) que estimulam
a formação de colágeno da própria pessoa. O biomaterial é implantado por uma microcânula que não provoca
lesões nos tecidos, e o local por onde ela penetra recebe uma anestesia como a utilizada por dentistas.

Conheça o biomaterial

O PMMA é um produto utilizado em medicina há mais de 60 anos e sua utilização como implante já é realizada
há mais de 20, tempo suficiente para acompanhar mais de um milhão de pessoas que se submeteram a implantes
de PMMA e garantir que sua utilização é comprovadamente eficaz e segura. Isso comprova, portanto, que não
há riscos envolvendo o biomaterial ou a Bioplastia.

Excertos da íntegra publicada na Revista Classic Life, Edição n° 13, 2009, pág. 10.

Região glútea e harmonia corporal

No padrão estético de beleza, a região glútea representa o maior ponto de atração para o homem brasileiro.
A musculação seria uma importante auxiliar para desenvolver essa região, não fosse a estrutura muscular
da mulher ser diferente da do homem no que se refere aos pontos de inserção muscular no quadril.

Em virtude dessa diferença anatômica, o homem desenvolve com facilidade os músculos glúteos, e a mulher, por
mais que pratique malhação, terá dificuldades em desenvolver a musculatura dessa região. No intuito de
solucionar esse problema, surgiram alguns recursos, tais como a prótese de silicone na região glútea,
que se iniciou no México com o cirurgião plástico Fernando Ortiz Monastério. Posteriormente foram
desenvolvidos os enxertos de gordura, por Jean Pierre Fournier (França), e mais modernamente a Bioplastia,
desenvolvida pelo cirurgião plástico Almir Moojen Nácul (Porto Alegre/RS – Brasil).

A Bioplastia é considerada uma revolução da cirurgia plástica por se tratar
de uma plástica sem cortes, onde é possível modelar, empinar e aumentar o bumbum com resultados
imediatos.
É um procedimento muito seguro desde que se faça com material de qualidade e com
profissional habilitado, que domine perfeitamente a técnica.

A Bioplastia é um procedimento interativo em que o paciente, através de um espelho, pode participar
ativamente da transformação, não tendo surpresas quanto ao resultado. Assim sendo, toda a mulher,
independente da idade, pode ter o bumbum de seus sonhos, melhorando sua autoestima e se tornando mais
autoconfiante.

Isso tudo é feito com anestesia local, a mesma utilizada pelos dentistas. O procedimento dura em média
uma hora e meia e, como não é necessária baixa hospitalar, o paciente pode entrar e sair caminhando.
Pode sentar no mesmo dia e dormir na posição em que achar mais confortável. Além disso, o resultado é
muito natural e mesmo um examinador, por mais experiente que seja, não conseguirá detectar visualmente ou
pela palpação que há um implante, podendo pensar que o seu lindo bumbum é privilégio de sua natureza
ou fruto de muita malhação.

Matéria publicada na Revista Classic Life, Edição º 18, 2010, pág. 14.

VOLTAR AO INÍCIO

+55 (51) 3331 6200

VOLTAR AO INÍCIO